Espondilose - Artrose da coluna

O que é?
Sintomas
Diagnóstico
Tratamento

A espondilose é a forma de doença degenerativa (envelhecimento) das articulações da coluna. Afeta primariamente os discos intervertebrais, e também as articulações interapofisárias e os ligamentos da coluna.

O sintoma típico da espondilose é a lombalgia, dor de costas, de gravidade variável. Estar em pé agrava habitualmente as queixas que aliviam deitando-se. Outros sintomas incluem rigidez, limitação da mobilidade e deformidade da coluna, bem como artrose envolvendo outras articulações (anca e joelhos). Embora o processo de envelhecimento articular seja inevitável, os sintomas progridem de forma imprevisível podendo inclusivamente desaparecer temporária ou até definitivamente.

O RX pode mostrar alterações artrósicas da coluna como colapso do espaço discal, espículas ósseas (“bicos de papagaio”), hipertrofia das articulações interapofisárias ou deslizamento de uma vértebra sobre outra (espondilolistese), mas a especificidade destas alterações é limitada uma vez que estão presentes na maioria das pessoas, mesmo assintomáticas. A Tomografia Axial Computorizada (TAC) e a Ressonância Magnética (RMN) podem estar indicadas em alguns casos.

O tratamento conservador, não cirúrgico, está indicado na maioria dos casos e é eficaz. As modalidades consistem em fisioterapia, modificação da atividade diária, perda de peso, ortóteses, anti-inflamatórios e analgésicos, e corticoides orais. Em casos selecionados as infiltrações articulares, bloqueios nervosos ou Radiofrequência podem dar alívio sintomático duradouro. A cirurgia (fusão ou artroplastia) só muito raramente está indicada nestes casos.