O que é a ressonância magnética?

+65
Prevenção e bem-estar
3 mins leitura

É um exame com base em ondas de radiofrequência, que permite um diagnóstico mais preciso. Esclareça todas as suas dúvidas sobre a ressonância magnética.

A ressonância magnética é um exame que utiliza uma tecnologia à base de ondas de radiofrequência num forte campo magnético a fim de obter imagens do corpo em vários planos. Permite estabelecer um diagnóstico médico mais preciso, já que possibilita a exibição em grande detalhe dos órgãos e tecidos do corpo.

 

Como é feito o exame?

Na CUF pode encontrar dois tipos de equipamento de ressonância magnética:

  • Equipamento tradicional, com túnel

O paciente deita-se numa cama que entra dentro de um túnel aberto nos dois extremos.

  • Equipamento aberto de extremidades, com cadeira reclinada

O paciente senta-se numa cadeira reclinada, colocando apenas o membro a estudar numa pequena concavidade, deixando o resto do corpo fora do equipamento - apenas direcionado para as seguintes zonas anatómicas: braço (mão, punho, cotovelo e dedos) e perna (joelho, tornozelo e pé).

 

Durante a aquisição de imagens, a máquina emite um ruído, semelhante ao ruído de martelar. Sempre que a máquina estiver a adquirir imagens, emite esse ruído. É muito importante que o paciente se mantenha imóvel, pois os movimentos do corpo prejudicam o exame.

Os profissionais de saúde estarão atentos durante a realização do exame, podendo observá-lo através de uma janela e comunicar com o paciente.

O exame de ressonância magnética demora, em média, 30 minutos a ser realizado e é indolor.

Pode ser necessário injetar uma pequena quantidade de produto de contraste. Neste caso, pode sentir uma ligeira sensação de calor no braço.

 

Sabia que...

Uma ressonância magnética aberta de extremidades garante o conforto para o paciente e minimiza os níveis de ansiedade, sobretudo em pacientes com claustrofobia, garantindo a mesma qualidade de imagem.

 

Como se deve preparar para a ressonância magnética?

Deve estar em jejum há pelo menos 3h, podendo, no entanto, beber água para tomar a sua medicação habitual. Chegue 20 minutos antes da hora marcada, a fim de abrir o seu processo e preencher um questionário para detetar qualquer situação passível de interferir com a realização do exame. 

No dia do exame, não se esqueça de:

  • Prescrição médica
  • Exames anteriores de diagnóstico
  • Análises mais recentes
  • Cartão do sistema de saúde (SNS, seguro ou subsistema de saúde)

 

Pode fazer o exame?

Existem alguns dispositivos que podem condicionar ou impossibilitar a realização do exame de ressonância magnética. A saber:

  • Pacemaker cardíaco
  • Desfibrilador cardíaco
  • Clips de aneurisma cranianos
  • Sistema de estimulação neural ou espinal
  • Implante coclear ou tubos metálicos nos ouvidos
  • Bomba de infusão de insulina
  • Porta de acesso vascular ou cateter
  • Filtros, agulhas e outros implantes metálicos
  • Fragmentos metálicos nos olhos ou no corpo
  • Agrafos cirúrgicos, clips ou suturas metálicas
  • Placas, parafusos, varetas ou fios nos ossos
  • Tatuagens, maquilhagens e pensos medicamentosos
  • Piercings e agulhas de acupuntura

 

Que cuidados deve ter?

Existe, na sala de exame, um forte campo magnético que pode atrair objetos, pelo que, antes de entrar, deve remover quaisquer próteses, óculos, anéis, ganchos de cabelo ou outros objetos que possua. Deixe toda a sua roupa no vestiário e vista a bata que lhe é fornecida.