Diarreia em crianças

O que é?
Sintomas
Causas
Diagnóstico
Tratamento
Prevenção

A diarreia é uma das queixas de saúde mais comuns. Pode variar de uma condição leve e temporária a uma situação clínica grave que põe em risco a vida. 

Advém de uma inflamação do intestino, geralmente provocada por uma infeção, com cura espontânea ou que pode levar até cerca de uma semana. Em caso de diarreia as crianças mais pequenas correm risco de desidratação por maior perda de líquidos do organismo, pelo que é um quadro que merece atenção redobrada.

  • Numerosas dejeções em poucas horas
  • Aparecimento de olheiras
  • Ficar prostrada ou irritada
  • Molhar menos a fralda ou urinar menos

A maioria dos casos de diarreia aguda nas crianças é causada por infeção no trato gastrointestinal; os agentes responsáveis ​​por esta infeção são bactérias, vírus e parasitas.

O médico avalia os sintomas, toma de medicamentos, história prévia de doença, início da diarreia, frequência das dejeções, características das fezes ( se existe sangue nas fezes, se são aquosas ou com muco) e se há febre ou  vómitos associados. No exame físico da criança o médico avalia também sinais de desidratação, perda de apetite ou cansaço, que determinam a gravidade ou não do quadro clínico e seu plano de tratamento.Podem ser necessários exames às fezes no laboratório.

  • Se amamentar o seu filho, continue a fazê-lo como habitualmente
  • Se o seu filho beber exclusivamente leite para lactentes, não precisa de fazer modificações na dieta. Deve aconselhar-se com o pediatra
  • Ofereça mais líquidos que o habitual, mas em pequenas quantidades. Pode optar por chá preto fraco e açucarado, quente ou frio ou por soro de reidratação oral
  • Se a criança tiver febre e necessitar de um antipirético, prefira xarope em vez de supositório
  • Se a criança já comer iogurte, prefira este alimento ao leite artificial
  • Faça uma dieta sem gorduras e sem legumes verdes
  • Não force a criança a comer

A prevenção da diarreia inclui o controlo da qualidade da água de consumo e das condições de saneamento público, sobretudo o tratamento do lixo e os esgotos. Medidas gerais de prevenção incluem medidas de saúde pública como promover a lavagem das mãos, promover o aleitamento materno e a educação das populações sobre como controlar a disseminação de infeções.

Fontes:

Medical News Today