Blefarite

Inflamação das pálpebras
O que é?
Sintomas
Tratamento

A blefarite corresponde a uma inflamação da margem das pálpebras que pode afetar até 30% da população. Divide-se em:

Anterior (mais superficial, onde nascem as pestanas) 

Posterior (mais profunda, associada a uma disfunção das glândulas de Meibomius localizadas no interior das pálpebras). 

Muitos dos casos são mistos, envolvendo a pálpebra de forma global. A blefarite pode associar-se a problemas cutâneos como rosácea, psoríase ou dermatite seborreica, mas também a alterações hormonais, quimioterapia, ou desenvolver-se gradualmente com o envelhecimento. Em muitos casos não é possível identificar uma causa direta.

Os sintomas são variáveis e podem ser leves e pontuais ou graves e persistentes. São comuns a sensação de irritação ocular, picadas, ardor, olho vermelho. Uma vez que as glândulas de Meibomius são fundamentais para a produção de lágrima (componente lipídico), a sua disfunção conduz a uma maior instabilidade do filme lacrimal e consequentemente a queixas de olho seco e possíveis lesões da superfície ocular. Por vezes são visíveis pequenas “caspas” na base das pestanas. 

Variável. Poderá estar indicada a aplicação de calor húmido local, anti-inflamatórios tópicos ou antibióticos tópicos ou sistêmicos. Frequentemente é associada lubrificação local para alívio das queixas.