Saúde do homem:

O que trata um médico urologista?
Cancro
Saúde do homem
2 mins leitura

Os problemas urológicos são o principal motivo que leva os homens a marcar uma consulta. Conheça quatro das doenças que um médico urologista pode tratar.

O hábito de fazer consultas e exames de rotina não está tão enraizado nos homens como está entre as mulheres. Muitos homens perdem este hábito depois da idade pediátrica e durante a sua vida adulta - mais especificamente entre os 20 e os 60 anos - não vão ao médico com regularidade. Nesta fase da sua vida, os motivos que mais os levam a recorrer a cuidados de saúde profissionais são situações agudas. O resultado acaba por ser uma mortalidade mais precoce (a esperança média de vida dos homens é inferior à das mulheres, que são mais disciplinadas nas consultas de rotina), um diagnóstico de doenças mais graves e maiores taxas de hospitalização nos homens.

 

Porque adia o homem as idas ao médico?

São vários os fatores que explicam o facto de habitualmente os homens recorrerem ao médico apenas em casos mais graves ou numa fase mais tardia da sua vida. O medo de descobrir que sofrem de uma doença grave é um deles; serem otimistas em relação à sua própria saúde é outra razão. Além disso, costumam ter uma errada sensação de invulnerabilidade e a ideia de que a doença os fragiliza. Alertar e informar é a melhor forma de contrariar esta tendência, incentivando uma atitude de prevenção por parte do sexo masculino.

 

Urologista: o médico a que os homens mais recorrem

Segundo as recomendações, os homens devem marcar consultas de rotina pelo menos uma vez por ano, sobretudo depois dos 40 anos. Esta é a melhor forma de fazer um bom acompanhamento e prevenção de muitas doenças que são mais comuns nos homens. Dos vários problemas de saúde que podem surgir ao longo da vida, são os problemas urológicos aqueles que mais obrigam a recorrer a cuidados médicos, nomeadamente a um urologista. Fique a conhecê-los neste vídeo.