A Unidade de Tumores Urológicos tem todos os meios de diagnóstico, prevenção e tratamento dos cancros do rim, do uréter, da bexiga, da próstata, do testículo e do pénis. 

Na rede CUF, a Urologia tem uma coordenação nacional com coordenadores locais que integram as equipas multidisciplinares da CUF Oncologia na abordagem aos tumores urológicos.

 

Organização clínica

De forma a proporcionar a excelência nesta área, foram criadas unidades oncológicas para os tumores urológicos mais frequentes: 

- Unidade de Cancro da Próstata

- Unidade de Cancro da Bexiga

- Unidade de Cancro do Rim

- Unidade de Cancro do Testículo e Pénis

 

Os nossos doentes e seus cuidadores contam com um acompanhamento de grande proximidade, transmitindo confiança e esperança na recuperação da doença.

Ao seu dispor encontrará uma equipa experiente de enfermeiros de oncologia, farmacêuticos, nutricionista e psicólogos.

Precisa de ajuda?
Fale connosco

Contacte um dos nossos Gestores Oncológicos para o guiar e acompanhar desde o primeiro momento. Se preferir pode agendar uma consulta através da nossa linha gratuita.

Abordagem dos tumores urológicos
Cancro da Próstata

O cancro da próstata é uma doença complexa e peculiar, com diversas opções de tratamento, sendo por isso essencial o doente ser muito bem acompanhado e aconselhado de forma a ser tratado da melhor forma.

Para isso, a Urologia CUF, juntamente com a CUF Oncologia, criou um conjunto de linhas de orientação dos doentes com cancro da próstata, desde o diagnóstico, tratamento e seguimento com consultas especializadas e multidisciplinares.

Nesta Unidade existe uma consulta especializada de rastreio oportuno de cancro da próstata, feita por urologista, com a realização de toque rectal e PSA total.

Nesta consulta podem ser utilizados novos métodos de diagnóstico tais como a Ressonância Magnética multiparamétrica e a biópsia de fusão.

Orientação clínica dos doentes com Cancro da Próstata
  1. Suspeita de Cancro da Próstata por PSA elevado ou toque rectal
  2. Ressonância Magnética multiparamétrica de Próstata
  3. Biópsia de Próstata
  4. Diagnóstico e estadiamento de Cancro da Próstata
  5. Consulta multidisciplinar de urologia para decisão do tratamento, de acordo com as linhas de orientação internacionais, existência de ensaios clínicos e estudos por iniciativa de um investigador. A consulta de grupo multidisciplinar é constituída por um urologista, oncologista, radioterapeuta, médico de medicina nuclear, anatomopatologista e imagiologista. 
Cancro da Bexiga

O tratamento do cancro da bexiga músculo-invasivo requer o envolvimento de uma equipa multidisciplinar altamente especializada e de um modelo integrado de forma a evitar a fragmentação dos cuidados do doente.

Após o diagnóstico de cancro da bexiga, isto é, após a ressecção transuretral do tumor vesical ou biópsia vesical, todos os casos são vistos em reunião de grupo multidisciplinar para decisão do tratamento subsequente. 

Orientação clínica dos doentes com Cancro da Bexiga
  1. Diagnóstico de Cancro da Bexiga
  2. Ressecção / biópsia do tumor vesical
  3. Reunião multidisciplinar de urologia para decisão do tratamento. A consulta de grupo multidisciplinar é constituída por um urologista, oncologista, radioterapeuta, médico de medicina nuclear, anatomopatologista e imagiologista. (Decisão terapêutica de acordo com as linhas de orientação internacionais, existência de ensaios clínicos e estudos por iniciativa de um investigador)
Cancro do Rim

O tratamento do cancro do rim requer o envolvimento de uma equipa multidisciplinar altamente especializada e de um modelo integrado de forma a evitar a fragmentação dos cuidados do doente.

Orientação clínica dos doentes com Cancro do Rim
  1. Diagnóstico de massa renal
  2. Consulta multidisciplinar de urologia
  3. A consulta de grupo multidisciplinar é constituída por um urologista, oncologista, radioterapeuta, médico de medicina nuclear, patologista e imagiologista.
  4. Biópsia da massa renal
  5. Reunião multidisciplinar de urologia para decisão do tratamento. 
Cancro do Testículo e Pénis

O cancro do testículo e o cancro do pénis são dois tipos de cancro raros e tal como, na maioria dos casos de cancro, se forem detetados num estadio precoce, a taxa de cura é bastante elevada. Todos os casos diagnosticados na rede CUF serão discutidos em reunião multidisciplinar para decisão da melhor estratégia terapêutica.

Orientação clínica dos doentes com Cancro do Testículo
  1. Diagnóstico de Cancro do Testículo
  2. Orquidectomia radical ou parcial
  3. Reunião multidisciplinar de urologia para decisão do tratamento. 
Orientação clínica dos doentes com Cancro do Pénis
  1. Diagnóstico de Cancro do Pénis
  2. Biópsia da lesão do pénis ou excisão do Cancro do Pénis
  3. Reunião multidisciplinar de urologia para decisão do tratamento. 
Especialidades
Serviços de Apoio

Especialidades envolvidas no diagnóstico

  • Urologia 
  • Anatomia Patológica
  • Imagiologia
  • Medicina Nuclear

 

Especialidades envolvidas no tratamento

  • Urologia
  • Oncologia Médica
  • Radioterapia

 

Especialidades Complementares

  • Genética Médica
    • Avaliação de risco familiar de cancro
    • Pesquisa de mutações 

 

  • Medicina Física e de Reabilitação
    • Recuperação pós-cirúrgica

 

  • Psico-oncologia
  • Nutrição
  • Cardiologia
  • Cuidados Paliativos
    • Consulta aberta e unidades de internamento

A Unidade de Tumores Urológicos conta com o apoio dos seguintes serviços:

  • Hospital de Dia
  • Internamento
  • Bloco Operatório e Unidade de Cirurgia Robótica
  • Cuidados Intensivos
  • Atendimento Permanente
  • Linha de Apoio 24 horas
  • Cuidados Domiciliários
  • Nutrição
  • Psico-oncologia
  • Todas as especialidades
Consultas

Veja as nossas consultas e faça a sua marcação.

Conheça na rede CUF