Teletrabalho: 7 dicas para ser mais produtivo

COVID-19
Cérebro e saúde mental
4 mins leitura

O teletrabalho é uma das medidas implementadas para ajudar a prevenir a transmissão da COVID-19. Conheça várias estratégias para ser produtivo a partir de casa.

A pandemia de COVID-19 trouxe inúmeras alterações em várias áreas da nossa vida, obrigando a ajustes nas rotinas diárias. Uma das medidas que tem sido implementada para reduzir o contágio por COVID-19 é o teletrabalho.

Esta forma de trabalhar - que para muitas pessoas é novidade - tem vantagens e desvantagens dependendo do gosto e personalidade de cada trabalhador. Se, por um lado, não temos de enfrentar o trânsito todas as manhãs, por outro é normal que nos sintamos stressados, aborrecidos e ansiosos quanto à incerteza da situação. Além disso, fazer a gestão entre a vida pessoal e laboral nem sempre é fácil.

Tome nota de algumas dicas que o podem ajudar a ser mais produtivo no teletrabalho, sem descurar uma boa saúde mental.

 

1. Preparar o escritório

Se não tem um escritório em sua casa, o primeiro passo é definir em que local vai “montar” o seu espaço de trabalho, que influencia muito a capacidade de concentração. Este local deve ser sossegado, afastado de barulho e distrações. Para isso, fale com os restantes membros da família e explique-lhes que durante o seu horário de trabalho é importante que não ocorram interrupções e que não haja ruído. Se possível, feche a porta do seu escritório.

Se, por outro lado, não houver possibilidade de reduzir o ruído, experimente trabalhar com música e auscultadores. Existem várias playlists disponíveis próprias para aumentar a concentração e foco.

Ter uma boa iluminação natural também é importante, de preferência em posição lateral ao computador para evitar reflexos no monitor.

Antes de começar a trabalhar, prepare tudo aquilo de que vai precisar: computador, carregador de bateria, bloco de notas, canetas, copo de água, entre outros objetos.

 

Atenção à postura!

É importante que se sinta confortável. Sentar-se no sofá ou trabalhar na cama com o computador portátil no colo pode ser tentador, mas é melhor que opte por sentar-se à  secretária. Aprenda aqui a postura certa a adotar.

 

2. Estabelecer uma rotina e cumpri-la

Mesmo sem os horários impostos pela entrada no trabalho, pelos transportes públicos ou pelo trânsito, é importante que defina horas fixas para trabalhar. Se possível, mantenha o mesmo horário do escritório e seja consistente. Esta regra aplica-se igualmente à hora de se deitar e de acordar. Levante-se, tome o pequeno-almoço e troque do pijama para sua roupa normal do dia-a-dia. É igualmente muito importante que, quando o seu horário habitual terminar, pare de trabalhar.

 

3. Ser organizado

Faça uma lista com todas as tarefas que tem a fazer e estabeleça um plano diário com os objetivos a atingir. Determine quanto tempo quer dedicar a determinada tarefa. Assim, torna-se mais fácil estabelecer prioridades.

 

Dica extra:

Desligue as notificações do telemóvel ou do computador - por exemplo, das redes sociais ou do e-mail - em períodos em que precise de se concentrar mais.

 

4. Estabelecer limites

Estar em casa não significa que tem de trabalhar mais, nem que tem de estar sempre disponível. É muito fácil manter-se online quanto está em regime de teletrabalho, mas é importante que se saiba “desligar” quando o seu horário normal de trabalho chega ao fim. Há sempre trabalho para fazer e, por isso, é importante que saiba quando parar. Para isso, desligue o computador, não verifique o e-mail e foque-se na sua vida pessoal e familiar.

 

5. Fazer pausas

Estar constantemente disponível pode trazer consequências negativas para a nossa saúde mental. Por isso, para uma boa gestão do stress reserve algum tempo ao longo do dia para fazer pausas, o que terá impacto no seu próprio trabalho: parar 5-10 minutos a cada hora pode ajudar-nos a ser mais produtivos.

Pare para almoçar e faça pausas regulares do ecrã do computador. Se possível, reserve tempo para fazer uma pequena caminhada ou para beber um café.

Trabalhar pode significar que passa mais tempo sem se mexer. Por isso, é importante que faça alongamentos e exercício físico.

 

6. Não perder o contacto com os seus colegas

Trabalhar a partir de casa tem muitas vantagens, contudo, o trabalhador poderá sentir-se mais isolado. Para contrariar este sentimento, mantenha o contacto com os seus colegas de trabalho. Quando precisar de lhes transmitir alguma informação, prefira as videochamadas ou um telefonema e não o e-mail.

 

7. Tirar proveito do seu tempo livre

Agora que estamos mais tempo em casa, é importante conseguir passar algum tempo no exterior (com segurança). Faça jardinagem ou uma caminhada, por exemplo. Passar algum tempo em contacto com a natureza ajuda a reduzir os níveis de stress e a relaxar. Depois do trabalho, tire também partido da sua casa: veja um filme, leia um livro ou cozinhe a sua refeição preferida.