Entrópio e Triquíase

Pálpebra invertida
O que é?
Sintomas
Tratamento

O entrópio corresponde a uma alteração da posição da pálpebra, que se inverte conduzindo ao contacto direto entre a pele e pestanas e a superfície ocular. Pode ser involucional (relaxamento progressivo dos tecidos com a idade), espástico (associado a contração exagerada do músculo da pálpebra) ou cicatricial (causado por cicatrização da conjuntiva, a mucosa que reveste internamente a pálpebra e o globo ocular). A triquíase corresponde a uma alteração da orientação das pestanas mantendo a posição da margem da pálpebra. Estas pestanas podem ser difíceis de identificar sem o auxílio de uma ampliação sendo o diagnóstico habitualmente feito pelo Oftalmologista.

A inversão da pálpebra e/ou pestanas pode causar uma sensação de irritação, dor, sensação de corpo estranho, olho vermelho. O contacto com a superfície ocular pode conduzir ao desenvolvimento de abrasões e úlceras de córnea, que se podem complicar por infeções e cicatrizes permanentes.

Variável. A correção da triquíase depende da sua extensão, podendo os cílios anómalos ser removidos através de laser, electrocauterização, crioterapia ou cirurgia. O entrópio requer o reposicionamento da margem palpebral, sendo a técnica cirúrgica selecionada caso a caso.

Fontes

Ana Duarte, Oftalmologista no Hospital CUF Descobertas

Doenças relacionadas