Histerosalpingografia

A histerossalpingografia (HSG) é um exame radiológico frequentemente utilizado na avaliação da permeabilidade tubária, no âmbito do estudo da fertilidade feminina. Permite ainda uma avaliação da dimensão, forma e estrutura do útero. Para além de ser um exame diagnóstico, a HSG pode corrigir ligeiras obstruções das trompas e permitir uma gravidez espontânea após o exame.

Como se realiza o exame?

Para a realização deste exame é necessário introduzir no útero, através de um cateter, um líquido de contraste radiológico, pelo colo uterino. A função deste contraste é permitir a visualização da cavidade uterina e trompas através de um aparelho de Raio X. Durante este processo vão sendo realizadas várias radiografias para acompanhar o percurso do líquido.

Demora cerca de 15-20 minutos e é realizado na primeira fase do ciclo menstrual (até ao 12º dia do ciclo) e não menstruada, no Serviço de Radiologia, por um médico ginecologista, que também interpreta o exame. 

O que se sente durante o exame?

O exame pode causar algum desconforto, tipo dor menstrual, pelo que poderá fazer um analgésico cerca de 1h antes do exame. 
 
Que precauções se deve tomar?

Não deverá fazer este exame se: 

  • existe a possibilidade de estar grávida,
  • se encontrar medicada para uma doença inflamatória pélvica, 
  • tiver ocorrido reacção alérgica prévia a contraste radiológico ou iodo.