Consulta Pós-COVID-19

O objetivo desta consulta é identificar, de forma precoce, se estão presentes sequelas que podem ser alvo de reabilitação para conseguir uma recuperação total, qualquer que tenha sido a intensidade da doença apresentada inicialmente.

 

Actualmente, com o conhecimento disponível sobre a doença, sabe-se já que até dois terços dos adultos com COVID-19 não grave apresentam queixas durante períodos até 2 meses depois da infeção, principalmente:

  • Astenia ou debilidade (cansaço fácil)
  • Anosmia ou perda de olfato
  • Ageusia ou perda de paladar
  • Dispneia ou falta de ar

 

Na consulta será realizada:

  • Avaliação geral do caso clínico
  • Identificação da necessidade de realizar exames complementares de diagnóstico (entrega de prescrição)
  • Seguimento clínico com identificação da potencial necessidade de referenciação para consulta de pneumologia, cardiologia, otorrinolaringologia, psiquiatria e ou de neurologia.

 

Quando agendar uma consulta médica após infeção da COVID-19?

A altura ideal para avaliar potenciais impactos e necessidades de reabilitação, qualquer que seja a apresentação clínica inicial, é entre as 6 a 8 semanas após a infeção aguda.