Unidade da Tiróide

Em Portugal, um em cada dez indivíduos tem patologia da tiróide. As doenças da tiróide são muito prevalentes na população e carecem, quase sempre, de uma abordagem multidisciplinar, articulada e especializada. 

 

A Unidade da Tiróide da CUF reúne todas as especialidades envolvidas na avaliação e tratamento das doenças benignas e malignas da tiróide, sendo constituída, nas diferentes áreas, por médicos especialistas com larga experiência profissional. 

 

Esta Unidade tem uma forte vocação assistencial, direcionada para dar resposta à generalidade das doenças que afetam esta glândula, de que são exemplo o hipertiroidismo, o hipotiroidismo e as diferentes tiroidites.  A abordagem diagnóstica e terapêutica da patologia da tiróide no contexto de infertilidade e gravidez e da doença nodular/nódulo e tumores malignos/carcinoma, constituem vertentes importantes da nossa atividade. A indicação cirúrgica atual destes distúrbios benignos é reforçada pela importância estética, pois afeta principalmente mulheres jovens. 

 

No campo específico da doença oncológica da tiróide, a nossa Unidade possui profissionais, tanto na área da Endocrinologia, como da Cirurgia, com um trajeto profissional consolidado e reconhecido. A maioria das neoplasias malignas da tiróide, apesar de apresentarem uma sobrevida mais longa do que a maioria dos cancros (cerca de 80% aos 20 anos), revestem-se de elevada carga emocional e exigem uma abordagem específica e célere.

 

De forma pioneira em Portugal a CUF disponibiliza a opção de remoção de nódulos da tiróide por cirurgia robótica. De salientar que se trata de uma cirurgia inovadora, apenas disponível em Portugal na CUF, resultado de um programa desenvolvido pela equipa de Cirurgia Endócrina do Hospital CUF Descobertas. 

A Tiroidectomia Robótica permite retirar, sem cicatriz visível no pescoço, um nódulo da tiróide de forma segura e eficaz, com melhor visualização das estruturas do pescoço e precisão de movimentos do cirurgião. 

 

Como alternativa ao tratamento cirúrgico, mais invasivo, alguns doentes com nódulos da tiróide benignos, podem ser tratados com radiofrequência.

 

Para além da vertente assistencial, a Unidade da Tiróide da CUF tem também, como objetivos, a promoção da investigação clínica e da educação pré e pós-graduada, na área da tiroidologia.

 

Áreas de Atuação:

 

  • Distúrbios da tiróide e paratiróide
  • Hipotiroidismo
  • Hipertiroidismo
  • Doença Nodular da tiróide
  • Tiróide e gravidez
  • Hiperparatiroidismo primário
  • Doenças das Paratiroides
  • Tratamento de metastização loco-regional
  • Nódulos da tiroide (com ou sem disfunção tiroidea)

 

A Unidade da Tiróide da CUF encontra-se estabelecida no Hospital CUF Descobertas, no Hospital CUF Infante Santo e no Hospital CUF Cascais e possui equipas de profissionais de saúde experientes no tratamento da patologia da tiroide.

Consultas e Exames

Veja as nossas consultas e exames na Unidade da Tiróide e faça a sua marcação.