Cuidados Paliativos

No contexto da pandemia por COVID-19, os horários, locais e alguns serviços podem ter sofrido alterações provisórias. Para obter a informação que precisa, deve ligar para o seu hospital ou clínica CUF. Caso se desloque a uma unidade de saúde, confirme na receção para onde se deve dirigir.

A CUF dispõe de Unidades de Cuidados Paliativos que se destinam a acompanhar doentes e famílias quando as circunstâncias clínicas justifiquem internamento e cuidados especializados de suporte.

A missão das Unidades de Cuidados Paliativos é cuidar, acompanhar e intervir ativamente junto da pessoa e da sua família durante o tratamento no controlo de sintomas, quando a doença se prolonga ou quando os tratamentos deixam de fazer o efeito desejado, respeitando a sua unicidade, autonomia e dignidade, garantindo cuidados paliativos de excelência.

As Unidades de Cuidados Paliativos são multidisciplinares e interdisciplinares, dispõem de uma equipa formada por médicos, enfermeiros, assistentes operacionais, nutricionista, farmacêutico, psicólogo, assistente social e assistente espiritual, em completa coordenação e que prestam assistência aos clientes 24 horas por dia, 365 dias por ano.

 

Áreas de intervenção

  • Abordagem de dor de difícil controlo e outros sintomas (dificuldade respiratória, vómitos, cansaço, agitação psicomotora, entre outros).
  • Apoio a situações complexas de depressão, ansiedade, luto e sofrimento existencial.
  • Apoio na resolução de conflitos no âmbito de objetivos / procedimentos terapêuticos (intrafamiliares, entre doente/família e equipa assistencial e entre diferentes equipas assistenciais).
  • Apoio na tomada de decisões (não introdução/suspensão de procedimentos sem benefício clínico).
Onde estamos
Hospital CUF Tejo

Unidade de Cuidados Paliativos

Formalizada enquanto unidade funcional em 2012, assegura cuidados especializados em Cuidados Paliativos em situação clínica aguda ou de doença prolongada, em qualquer estadio da doença. A especialização e experiência da equipa multidisciplinar proporciona a melhor resposta em situações de descontrolo sintomático físico ou emocional. 

Por ano, a unidade trata aproximadamente 300 novos doentes. Esta experiência tem permitido a especialização da equipa nas seguintes áreas: cancro do pulmão, cancro da mama, cancro colorretal e linfomas.

Em 2015, a Unidade de Cuidados Paliativos do Hospital CUF Infante Santo foi distinguida como Unidade certificada e de referência na prática integrada de Cuidados Paliativos e Oncologia pela Sociedade Europeia de Oncologia Médica (ESMO).

Localização: Piso 5

Contacto

926 202 801

Coordenação

Luísa Pereira, Medicina Interna

Atuação

  • Consulta de Cuidados Paliativos 
  • Consulta de Luto 
  • Assistência em Hospital de Dia de Oncologia 
  • Internamento para casos mais complexos e que não permitem a sua continuidade no domicílio.
  • Cuidados Domiciliários
Hospital CUF Porto

Unidade de Cuidados Paliativos

A Unidade de Cuidados Paliativos no hospital CUF Porto é formada por uma equipa multi e interprofissional com formação técnica especializada.

As equipas são formadas por médicos, enfermeiros, assistentes operacionais, nutricionista, farmacêutico, psicólogo. Os médicos assistentes dos doentes (da CUF ou externos), de diferentes especialidades e terapeutas de diversas valências, são habitualmente convidados a colaborar no plano de acompanhamento, de acordo com as necessidades identificadas em cada situação, fazendo assim parte da equipa alargada.

A Unidade de Cuidados Paliativos do Hospital CUF Porto foi distinguida, em 2017, como Unidade certificada e de referência na prática integrada de Cuidados Paliativos e Oncologia pela Sociedade Europeia de Oncologia Médica (ESMO).

Localização

Piso 4

Horário das visitas

10h-22h

Contacto

964 624 312

Coordenação:

Pedro Teixeira, Medicina Interna

Carolina Monteiro, Medicina Interna 

Atuação

  • Consulta de Cuidados Paliativos
  • Assistência em Hospital de Dia de Oncologia 
  • Internamento para casos mais complexos e que não permitem a sua continuidade no domicílio.
  • Cuidados Domiciliários
Hospital CUF Descobertas

Equipa intra-hospitalar de Cuidados Paliativos

É uma equipa interdisciplinar, formada por médica e enfermeira com formação avançada em Cuidados Paliativos, em dedicação exclusiva e com apoio de outros cuidados de suporte, nomeadamente psicologia clínica, nutrição e assistência social e espiritual.

Os Cuidados Paliativos tornar-se-ão o principal foco quando o tratamento dirigido à doença ou de prolongamento da vida já não são efectivos, apropriados ou desejados.

Os objetivos passam pela atenção integral à pessoa doente (nos seus aspectos físicos, sociais, familiares, psicológicos e espirituais), integrando a família na estratégia e promovendo a autonomia e dignidade da pessoa doente através de uma atenção individualizada e continuada.

Localização

Edíficio 1, Piso -1D

Contacto

910 602 548

Coordenação

Brígida Ferrão, Medicina Interna

Atuação

  • Consulta de Cuidados Paliativos 
  • Consulta de Luto 
  • Assistência em Hospital de Dia de Oncologia 
  • Consultadoria aos Serviços de Internamento/Urgência

Visitas

  • De forma a manter a tranquilidade do cliente e do serviço, o número de visitas será de uma pessoa de cada vez, num período limitado, de acordo com a disponibilidade do serviço.
  • Se a condição clínica do cliente o permitir, poderá permanecer uma pessoa junto do cliente, sem possibilidade de trocar, comprometendo-se a cumprir as regras do serviço e as indicações fornecidas pelos profissionais de saúde.
  • Salvo raras exceções, será permitida a entrada de crianças, desde que os acompanhantes se responsabilizem pelos seus atos.
  • Por indicação clínica ou opção do cliente, poderão ser interditadas visitas ou reduzido o número ou horário das mesmas.

 

Recomendações Gerais

  • Lembre-se que as mãos transportam microrganismos e doenças, por isso, desinfete as mãos, à entrada e à saída da unidade.
  • Se estiver doente, evite visitar o seu familiar.
  • Em qualquer caso, siga as orientações fornecidas pelos profissionais de saúde.
  • Para segurança do doente e da família restringe-se a utilização de telemóveis.
  • O silêncio é muito importante para o bem estar e harmonia dos doentes internados.
  • Solicite o apoio do Enfermeiro responsável pelo seu familiar para qualquer esclarecimento que considere pertinente.