Incompetência Cervico-Ístmica

Insuficiência cervical

O que é?

Sintomas

Causas

Diagnóstico

Tratamento

Prevenção

A incompetência cervico-ístmica (insuficiência cervical) é definida como dilatação cervical indolor recorrente, ou seja o colo uterino começa a encurtar e a abrir muito cedo durante uma gravidez, podendo levar a perdas no segundo trimestre ou à incapacidade do colo uterino manter a gravidez, na ausência de contrações uterinas. 

Na maioria dos casos a grávida é assintomática, mas pode surgir um dos seguintes sintomas:

  • Pressão pélvica
  • Cólicas
  • Dor nas costas
  • Aumento do corrimento vaginal

A causa provável será o enfraquecimento estrutural do colo uterino, que poderá ser uma consequência de:

  • Cirurgia cervical ou uterina anterior (por exemplo, dilatação e curetagem, histeroscopia) 
  • Anomalia congênita
  • Alterações bioquímicas no colo do útero que originam o encurtamento e dilatação cervical prematuros. Estas condições, podem ser provocadas, entre outras, por inflamação/infeção das membranas e hemorragia na decídua (mucosa uterina onde a placenta está implantada) ou na placenta.

O diagnóstico é baseado na história de perda de gravidez anterior no segundo trimestre, a qual pode apresentar-se de várias formas:

  • História clássica de duas ou mais perdas consecutivas de gravidez no segundo trimestre ou partos prematuros extremos (<28 semanas), associados a nenhum ou mínimos sintomas leves 
  • Dilatação cervical indolor e membranas fetais proeminentes no segundo trimestre da gravidez
  • Rotura prematura de membranas pré-termo 
  • Trabalho de parto rápido e espontâneo de feto pré-viável
  • Contrações uterinas raras ou ausentes

 

Também pode ocorrer em situações sem história de perda fetal anterior e, nestes casos, o diagnóstico é baseado numa combinação de:

  • Apresentação clínica e exame físico - dilatação cervical avançada e indolor no segundo trimestre 
  • Achados ecográficos - embora o diagnóstico seja maioritariamente clínico, a avaliação ecográfica do comprimento do colo uterino pode ser útil

A Cerclage cervical é um procedimento cirúrgico, no qual é colocado um ponto no colo uterino. É a base do tratamento e deve ser considerada nas seguintes situações

  • História de perda de gravidez no segundo trimestre com dilatação cervical indolor
  • Colocação prévia de Cerclage por incompetência cervical
  • História de parto pré-termo extremo rápido e espontâneo e um colo curto no inicio do segundo trimestre
  • Dilatação cervical indolor no exame físico no segundo trimestre

 

Embora a Cerclage cervical seja o foco do tratamento, vários estudos apoiam o uso de suplementação de progesterona em mulheres com risco de parto prematuro. Alterações de estilo de vida, como restrição de atividades e repouso no leito, não se mostraram eficazes. 

Não é possível prevenir o desenvolvimento da incompetência cervico-ístmica. No entanto, o diagnóstico e tratamento precoces, são fundamentais na prevenção de complicações desta situação.

Doenças relacionadas