Primeiro dia de escola:

10 conselhos para os pais
Bebés e crianças
3 mins leitura

A entrada na escola implica uma mudança de rotina. Para garantir que o primeiro dia de escola seja recordado com um sorriso, siga estas estratégias.

Preparar a criança para a entrada na creche ou escola é essencial para uma boa adaptação – não deixe de ler o artigo Prepare o seu filho para a entrada na escola. Mas e o primeiro dia de creche ou escola? Esta é uma etapa que pode causar alguma ansiedade às crianças e até aos pais. Mas não é preciso. Conheça aqui algumas sugestões para que corra tudo bem.

 

  1. Não apresse a manhã. Na véspera, marque o despertador para uma hora que permita tempo suficiente para vestir a criança e tomarem o pequeno-almoço com calma e em família, deixando espaço para perguntas sobre o que se vai passar a seguir.
  2. Se o seu filho ainda usa chucha, deixe-o levá-la para o infantário/escola - mesmo que seja guardada numa bolsinha e usada apenas em caso de "emergência". É provável que ele peça a chucha se estiver muito choroso ou quando for dormir a sesta, por exemplo.
  3. Não chegue à creche/escola em cima da hora, mas sim com um pouco de antecedência, para ter tempo de ficar um bocadinho com a criança - mas só um bocadinho!
  4. Nunca saia sem se despedir.
  5. Explique ao seu filho que se vai embora dentro de instantes e pergunte-lhe se há alguma coisa que queira dizer-lhe antes de se despedir.
  6. Despeça-se de forma carinhosa, firme e rápida. Mesmo que a criança esteja ansiosa, mantenha-se calmo. Deixe-a com a educadora e saia. Não fique à porta a espreitar para ver se o seu filho chora e não caia na tentação de voltar atrás.
  7. Mantenha-se informado: se estiver ansioso durante o resto do primeiro dia, ligue para a creche/escola para saber como está a criança e ficar descansado/a.
  8. Esteja à espera do seu filho. À hora de saída, esteja pontualmente à porta da sala. Tente cumprir esta rotina à risca, especialmente durante a primeira semana. É reconfortante para a criança saber que o pai/mãe vai chegar sempre a seguir à hora do lanche, por exemplo.
  9. Pergunte-lhe como correu. Durante o regresso a casa, converse com a criança sobre o que fez naquele dia, a que brincou, etc. Em casa, mantenha as rotinas a que a ela está habituada.
  10. Ao jantar ou à hora de deitar explique ao seu filho que no dia seguinte irá voltar à creche/escola, que é normal que se possa sentir assustado, mas que tudo vai correr bem e que os pais estão sempre disponíveis para conversarem sobre o que ele quiser.