10 benefícios de deixar de fumar
Prevenção e bem-estar
3 mins leitura

Quando o tabagismo deixa de ser um hábito, a sua saúde só tem a ganhar. Dos pulmões ao coração, conheça dez benefícios de deixar de fumar.

Não é novidade para ninguém: são inúmeros os benefícios de deixar de fumar! O tabagismo tem impacto na saúde geral dos fumadores, aumentando o risco de inúmeras doenças - algumas delas muito graves -, desde Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica, vários tipos de cancros ou doenças cardiovasculares. Além disso, fumar pode afetar a fertilidade masculina, a saúde oral e ocular - aumenta o risco de cataratas, por exemplo -, o sistema imunitário, entre outros.

 

Quando decide deixar de fumar

Para que fique, desde já, motivado a eliminar o tabaco da sua vida, saiba que bastam 20 minutos para que a pressão arterial, a frequência cardíaca e temperatura corporal diminuam. Se precisa de mais motivos, continue a ler.

 

  1. Os níveis de monóxido de carbono no sangue diminuem e os de oxigénio aumentam 12 horas após ter fumado o seu último cigarro. Entre duas semanas a três meses depois, a circulação sanguínea começa a melhorar e a capacidade pulmonar a aumentar.
  2.  A tosse e a dificuldade em respirar diminuem entre um a nove meses após a cessação tabágica.
  3. No espaço de apenas um ano, o risco de enfarte do miocárdio (ou ataque cardíaco) é metade do de um fumador, um benefício de deixar de fumar cujo impacto é bastante relevante.
  4. Entre dois a cinco anos após ter deixado de fumar, o seu risco de acidente vascular cerebral é aproximadamente o mesmo de uma pessoa que nunca fumou.
  5. O risco de cancro da boca, garganta e esófago é reduzido para metade no espaço de cinco anos. O risco de cancro da laringe e do colo do útero também diminui.
  6. O risco de úlcera é reduzido.
  7. O risco de vir a ter um bebé com baixo peso regressa ao normal se deixar de fumar antes de engravidar ou durante o primeiro trimestre de gravidez.
  8. O risco de doença arterial periférica diminui, outro dos principais benefícios de deixar de fumar.
  9. Dez anos depois de ter deixado de fumar, o seu risco de cancro do pulmão é metade daquele que um fumador apresenta.
  10. Depois de 15 anos de abstinência tabágica, o risco de doença cardiovascular é igual ao de um não fumador do mesmo sexo e da mesma idade.

 

Consulta de Cessação Tabágica

Se, apesar de todos os benefícios de deixar de fumar, não consegue fazê-lo por recear os sintomas de privação da nicotina e/ou ter medo de vir a ganhar peso, aconselhe-se numa consulta de cessação tabágica.