Testes à COVID-19

Nos Hospitais e Clínicas CUF

Na CUF estamos preparados para responder a todas as necessidades dos nossos clientes, em todos os momentos e circunstâncias.

 

Estamos equipados para fazer testes à COVID-19 - Diagnóstico (PCR), Antigénio, Serológico e agora também o Teste Diagnóstico Saliva (PCR) - de forma rápida, eficiente e segura.

COVID-19: Perguntas Frequentes
Esclareça todas as suas dúvidas!
Teste Serologico COVID
Receção CUF
Acordos
Prescrição Testes COVID-19
Prescrição para testes COVID-19 no privado
Testes COVID-19 - viajar
Marque já o seu teste de diagnóstico à COVID-19

Agende online o seu teste de diagnóstico PCR ou teste de diagnóstico antigénio rápido 

Testes COVID-19 Drive Thru
Teste COVID em casa

Que tipos de testes à COVID-19 se realizam na CUF?

Existem quatro tipos de testes do Coronavírus disponíveis nos Hospitais e Clínicas CUF:

Testes diagnóstico (PCR)
Testes serológicos
Testes rápidos antigénio
Testes Saliva (PCR)

Permitem saber se a pessoa está ou não infetada pelo novo Coronavírus através da recolha de uma amostra de produto (exsudado) através do nariz (até à nasofaringe), com recurso a uma zaragatoa.

Permitem avaliar se uma pessoa tem anticorpos específicos para o novo coronavírus no sangue. Este segundo tipo de testes realiza-se através de uma pequena colheita de sangue que é depois analisada em laboratório.

Permitem saber se a pessoa está infetada pelo novo Coronavírus através da recolha de uma amostra de produto (exsudado) através do nariz (até à nasofaringe), com recurso a uma zaragatoa.

Os testes rápidos de antigénio devem ser utilizados nos primeiros 5 dias (inclusive) de doença (sintomas ativos) de modo a diminuir a probabilidade de obtenção de resultados falso negativos. 

Em caso de resultado negativo: Nas situações de elevada suspeita clínica de COVID-19 e conforme as indicações da DGS, em caso de resultado negativo, deve ser realizado um teste confirmatório PCR, no máximo nas 24 horas seguintes, pois podem estar positivos e contribuir para a propagação da doença COVID-19.

O diagnóstico à COVID-19 também já é possível a partir de uma amostra de saliva. Esta técnica, recentemente aprovada pela DGS, consiste num processo menos invasivo e recolha mais simples, que permite detetar a presença do vírus e identificar as estirpes com recurso a amostra de saliva.

O Teste Diagnóstico Saliva (PCR) mantém o mesmo rigor de diagnóstico do teste com zaragatoa nasofaríngea e orofaríngea, uma vez que usa o mesmo método RT-PCR e apenas altera a metodologia de colheita da amostra.  


Como é feito?

É facultado um kit individual para a realização deste teste com um tubo através do qual é expelida saliva para dentro de um recipiente.

Até 30 minutos antes da realização da colheita de saliva não é aconselhável escovar os dentes, comer, beber, fumar, ou mastigar pastilha elástica.
 

Especialistas analisam diferenças entre testes diagnóstico e testes serológicos
Perguntas frequentes
Preciso de marcar a realização do teste?

Os testes de Diagnóstico (PCR), Diagnóstico Saliva (PCR) e testes Rápidos Antigénio requerem marcação prévia*. Para marcar deve ligar para o seu hospital ou clínica CUF. Os testes Serológicos não requerem marcação.

* Exceto no Hospital CUF Tejo, onde pode realizar teste com ou sem marcação. 

Tenho de ir em jejum para a realização do teste?

Não é necessário estar em jejum para realizar nenhum dos testes à COVID-19.

Preciso de uma consulta antes de fazer o teste?

Caso tenha sintomas compatíveis com a COVID-19, é aconselhável ser avaliado pelo seu médico assistente antes da realização do teste; no entanto, para a realização do teste à COVID-19 não é obrigatório ir a uma consulta.

No dia da realização do teste da COVID-19, caso pretenda realizar o mesmo, através um seguro ou subsistema de saúde, deve ter consigo a respetiva prescrição médica do teste. No entanto, se pretender realizar o teste a título particular, ou se tiver agendada uma viagem internacional ou para os Açores e Madeira, não necessita de apresentar uma prescrição médica. No caso dos clientes que vão viajar, apenas precisam apresentar o respetivo bilhete ou cartão de embarque.

É obrigatório levar prescrição médica?

Caso pretenda realizar um teste COVID-19 a título particular, quer se trate de um teste diagnóstico (PCR), diagnóstico saliva (PCR) teste serológico ou Testes Rápidos Antigénio não é obrigatório a apresentação de prescrição médica aquando a realização do mesmo. No entanto, o teste de dianóstico (PCR) carece de marcação prévia.

Nota: Na CUF realiza-se Testes COVID-19 PCR com acordo com o Serviço Nacional de Saúde (exceto Hospital CUF Descobertas)

Como posso obter uma prescrição?

Caso não tenha prescrição médica para a realização de um teste à COVID-19, deve marcar uma Consulta ou Teleconsulta de Medicina Geral e Familiar ou de Medicina Interna. Para marcar a consulta, pode fazê-lo através do My CUF.

Nota: Na CUF realiza-se Testes COVID-19 PCR com acordo com o Serviço Nacional de Saúde (exceto Hospital CUF Descobertas)

A prescrição médica do SNS é aceite na CUF?

Sim. Na CUF realiza-se Testes COVID-19 PCR com acordo com o Serviço Nacional de Saúde (exceto Hospital CUF Descobertas)

Quanto tempo demora a obter o resultado?

O resultado do teste diagnóstico (PCR), do teste diagnóstico saliva (PCR) e do teste serológico fica disponível num prazo máximo de 48 horas. 

No caso dos Testes Rápidos Antigénio o resultado estará disponível até 24 horas após a colheita.

Como acedo ao resultado do teste?

Todos os resultados dos testes serão comunicados via SMS e E-mail. Ficarão também disponíveis no My CUF (deverá ter uma conta My CUF com acesso completo - para mais informação, aceda ao My CUF). Se não receber o resultado pelos meios descritos contacte o seu hospital ou clínica, e não se dirija aos mesmos para os levantar presencialmente.

Mais informação aqui.

Vou ser sujeito a uma cirurgia, que devo fazer?

Se vai realizar um teste diagnóstico (PCR) à COVID-19 devido a uma intervenção cirúrgica ou procedimento invasivo, deve seguir as indicações dadas pelo seu Hospital ou Clínica CUF.

Sobre a comparticipação dos testes nestes casos, deve entrar em contacto com a sua seguradora, sendo que a maioria das seguradoras e subsistemas comparticipam o teste nestas situações.

Tenho sintomas de COVID-19, que devo fazer?

As indicações acima aplicam-se a todos os clientes que queiram ou precisem de realizar um teste à COVID-19 e sejam assintomáticos. Caso tenha sintomas como tosse, febre e dificuldade respiratória, deve dirigir-se a um serviço de Atendimento Permanente CUF.

Com as duas doses da vacina, preciso do teste?

De acordo com a última norma da DGS 019, apesar da administração das duas doses da vacina, qualquer pessoa terá que realizar o teste à COVID-19 para a realização de procedimentos na CUF (internamento, partos, cirurgias ou exames que assim o exijam).

Em que situações devo fazer o teste à COVID-19?

De acordo com as orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS), os testes PCR devem ser realizados em todas as pessoas com suspeita de terem doença COVID-19 e após avaliação clínica de profissionais de saúde habilitados para o efeito.

Nos hospitais e clínicas CUF, para segurança de todos, é pedida a realização de um teste de diagnóstico nos seguintes casos:

  • Qualquer doente entre as 48 e as 72 horas anteriores à realização de alguns procedimentos invasivos com sedação ou cirurgia
  • Grávidas antes do parto (caso o parto seja marcado, o teste deve ser realizado 48 horas antes; caso seja parto espontâneo, será realizado na altura da admissão)
  • Qualquer doente antes de um internamento nos hospitais CUF, independentemente da razão do internamento
  • Os pais que queiram assistir ao parto no Hospital CUF Porto.

Relativamente aos testes serológicos, devem ser realizados por todos aqueles que suspeitam já ter tido COVID-19 para avaliar da respetiva imunidade.