Unidade de Cuidados Especiais ao Recém Nascido

Na Unidade Cuidados Intensivos de Neonatologia da CUF, integrada dentro do Centro da Criança e do Adolescente, ficam internados os recém-nascidos que pela sua situação clínica necessitem de cuidados especiais: recém-nascidos pré-termo ou recém-nascidos que, sendo de termo, apresentem patologia que requeira cuidados especiais ou intensivos no período neonatal.

 

Como ser frágil que é, particularmente se for pré-termo, o recém-nascido tem uma maior sensibilidade ao frio, podendo necessitar de estar numa incubadora para se aquecer. Poderá igualmente necessitar de ajuda para respirar e/ou se alimentar, justificando uma monitorização cardio-respiratória contínua. Assim, o bebé estará ligado a muitos fios e aparelhos, que tornam o ambiente que o rodeia um pouco intimidante para os pais, mas que em caso algum o magoam. Quanto à presença dos pais na Unidade é de toda a importância para estreitamento dos laços afetivos, complemento influenciador na sua recuperação e desenvolvimento. É essencial que acariciem o bebé contudo, porque tem menos defesas para as infeções, os pais devem dar sempre grande importância à higienização prévia das mãos.

 

Nº de Vagas e equipamento – Tem 5 incubadoras e 3 berços. A Unidade está equipada com ventiladores, Infant Flow, monitores cardio-respiratórios e todo o outro material necessário para prestar cuidados diferenciados a recém-nascidos doentes.



A Unidade de Cuidados Especiais ao Recém Nascido da CUF possui equipas de profissionais de saúde experientes no âmbito da saúde da criança e do adolescente no Hospital CUF Descobertas

Localização - Situa-se no 2º piso da Maternidade, anexa ao bloco operatório e sala de partos.

Perguntas frequentes
Como se procede a alimentação do recém-nascido?

Se o recém-nascido estiver a ser amamentado, deverá manter sempre que possível a alimentação materna, podendo a mãe deixar o seu próprio leite para os períodos em que não esteja no hospital. Se o recém-nascido não tiver forças para sugar na mama ou na tetina, terá que ser alimentado por uma sonda que vai do nariz ao estômago. No entanto, em algumas situações clínicas do recém-nascido, este terá mesmo de ficar em pausa alimentar e então será alimentado por via endovenosa.

Quem permanece junto do recém-nascido?

Os pais podem permanecer livremente junto do seu filho. Para tal, é facilitado aos pais um cadeirão junto ao bebé. Os pais podem trazer a roupa do bebé, bem como brinquedos de lavagem fácil e chupetas. As fraldas descartáveis são fornecidas pelo hospital.

Os outros familiares, avós e irmãos, têm um horário de visita específico. O número máximo de pessoas são duas, incluindo sempre um dos pais.

Durante o tempo de permanência na Unidade devem estar junto do vosso bebé porque não é permitido a visita ou manipulação dos outros recém-nascidos internados pelo direito à privacidade e risco de transmissão de infeções.

Dadas as especificidades da Neonatologia, a possibilidade de visita ao recém-nascido será sempre aferida entre os pais e os profissionais de saúde, tendo em consideração o estado clínico do bebé e a disponibilidade do serviço.

Quais as normas de acesso à unidade?

Estão disponíveis cacifos para guardarem casacos, carteiras e outros objetos pessoais. Antes de entrar na Unidade devem retirar pulseiras e relógios, lavar bem as mãos e antebraços.

As pessoas com doença infeciosa não podem aceder à unidade.

O uso de telemóvel é restrito e com o som reduzido.

 Antes de entrar

  • Retirar casacos, anéis, pulseiras, brincos, relógios, etc.
  • Prender o cabelo, no caso de este ser comprido
  • Vestir a bata que se encontra na entrada do serviço que deverá ser trocada diariamente
  • Colocar protetores de sapatos
  • Subir as mangas das camisas e camisolas até aos cotovelos
  • Lavar as mãos até aos cotovelos, seguindo as indicações dos profissionais de saúde

 

Regras a respeitar

  • Lavar as mãos antes de tocar no bebé e sempre que: assoar o nariz, mexer no cabelo, tocar no telemóvel ou apanhar algo do chão
  • Desinfetar as mãos com solução alcoólica antes de tocar no bebé
  • Se estiver doente, solicitar uma máscara facial de proteção e, se necessário, esclarecer todas as dúvidas com os profissionais de saúde
  • Falar num tom de voz moderado
  • Respeitar a privacidade dos restantes recém-nascidos e familiares
  • Manter o telemóvel em silêncio
  • Não falar ao telemóvel
  • Não comer dentro da unidade
Com que frequência se dão informações clínicas?

As informações clínicas são dadas diariamente pelo médico de serviço, exclusivamente aos pais. O médico de serviço na unidade informará igualmente os pais sempre que se verifiquem alterações do estado clínico do recém-nascido.

Informações do âmbito da enfermagem podem ser solicitadas junto do enfermeiro de serviço.

Informações telefónicas também só são dadas aos pais.

A equipa estará sempre disponível para vos ajudar esclarecendo qualquer dúvida referente ao vosso filho

E as refeições?

Os acompanhantes que pernoitarem têm direito ao pequeno almoço. As outras refeições não são oferecidas mas os acompanhantes e visitas podem beneficiar dos nossos serviços no refeitório ou no bar dentro dos horários de funcionamento.

Telemóveis

O uso de telemóveis ou equipamento eletrónico interfere com o funcionamento dos aparelhos de algumas Unidades. Deste modo, a sua utilização não é possível nos seguintes locais:

  • Bloco de partos
  • Unidade de Cuidados Especiais ao Recém-nascido
  • Unidade de internamento de Curta Duração

Nas restantes Unidades aconselha-se o seu uso moderado com som reduzido

Serviço Religioso

O Hospital dispõe de uma capela onde o Capelão lhe pode dar apoio religioso.

 

Consultas

Veja as nossas consultas na Unidade de Cuidados Especiais ao Recém Nascido e faça a sua marcação.