Unidade de Cirurgia Ginecológica Minimamente Invasiva

A Unidade de Cirurgia Ginecológica Minimamente Invasiva (laparoscopia e histeroscopia) do Hospital CUF Descobertas é formada por um grupo de cirurgiões ginecológicos com uma vasta experiência cirúrgica, que dispõem dos meios tecnológicos mais avançados para o tratamento das suas doentes. No hospital são realizados diariamente inúmeros procedimentos cirúrgicos por laparoscopia.


A laparoscopia é uma técnica cirúrgica mais moderna e menos invasiva do que a cirurgia convencional, que utiliza pequenas incisões (com cerca de cinco milímetros) para realizar uma grande variedade de procedimentos cirúrgicos. Utiliza para esse fim um laparoscópio (uma câmara de alta resolução acoplada a um cabo de fibra ótica), que permite ao cirurgião visualizar num ecrã os diferentes órgãos.

 

Vantagens da Laparoscopia

A laparoscopia é uma técnica cirúrgica minimamente invasiva, que apresenta claros benefícios quando comparada com a cirurgia aberta convencional, nomeadamente:

  • menor trauma cirúrgico
  • menor risco de hemorragia intraoperatória e de infeção
  • menos dor no pós-operatório

 
O tempo de internamento é significativamente mais curto (1 a 2 dias), mesmo em situações de cirurgias mais alargadas, podendo alguns procedimentos serem realizados em regime de ambulatório (com alta no próprio dia da intervenção). Este tipo de cirurgia permite também uma recuperação pós-operatória mais rápida, e o regresso mais precoce às atividades habituais e ao trabalho. Apresenta ainda um inquestionável benefício estético, pois na laparoscopia as cicatrizes são de muito reduzidas dimensões (5 a 10 mm).

 

Procedimentos mais realizados 

Hoje em dia praticamente todas a cirurgias ginecológicas podem ser realizadas por laparoscopia, através de incisões abdominais milimétricas:

 

  • Doença dos ovários / anexos (quistos dos ovários, dilatação das trompas, torção ovário, gravidez ectópica, ...)
  • Investigação de infertilidade
  • Realização de laqueação de trompas
  • Tratamento de endometriose
  • Dor pélvica crónica
  • Cirurgia de patologia pavimento pélvico (prolapsos)
  • Miomectomias (excisão de miomas do útero)
  • Histerectomia (remoção do útero)