Hiperprolactinemia

O que é?
Sintomas
Causas
Diagnóstico
Tratamento
Prevenção

É uma condição caracterizada pelo excesso de prolactina. Normalmente esta hormona é responsável pela produção do leite materno no período pós-parto.

É uma situação mais frequente nas mulheres e habitualmente manifesta-se por produção de leite fora do período pós-parto (galactorreia), alterações dos ciclos menstruais ou perda dos mesmos (amenorreia), infertilidade, diminuição do desejo sexual e osteoporose.

A sua produção em excesso pode ter várias causas como sejam o stress físico e psicológico, a toma de determinados medicamentos ou a existência e um adenoma da hipófise produtor de prolactina.

O seu diagnóstico é baseado nos sintomas individuais da paciente e na história clínica. O estudo complementar com exames como ressonância magnética, análises de sangue ou testes hormonais dinâmicos mais complexos permitem concluir o diagnóstico desta condição.

O tratamento é farmacológico.

Dependendo da condição base, pode-se prevenir alterando a medicação causadora dos sintomas, melhorando a gestão do stress físico e psicológico. Os adenomas da hipófise produtores de prolactina não dependem de medidas de prevenção.

Fontes:

Health Communities

Johns Hopkins Hospital