Consulta Primeiro Surto Psicótico

A Psicose está associada a fatores biológicos e hereditários mas é condicionada por reatividade a stress, consumos de drogas e dificuldades relacionais. Frequentemente surge no final da adolescência ou no início da idade adulta.

 

Num primeiro surto psicótico , a avaliação precoce do médico psiquiatra é fundamental para que aconteça um diagnóstico rápido, o que condiciona uma boa evolução clínica e o prognóstico futuro. Os sintomas num primeiro surto psicótico são frequentemente inespecíficos e são potencialmente confundidos com outras situações de doença psiquiátrica menos grave ou de simples reações de adaptação emocional.

 

No primeiro surto psicótico aparecem frequentemente:

  • Alterações de comportamento
  • Isolamento social
  • Apatia
  • Alterações de humor
  • Irritabilidade
  • Inquietação
  • Interesse por temas pouco habituais
  • Desconfiança
  • Alterações do sono.

 

Estas queixas habitualmente precedem sintomas e sinais mais típicos da psicose, como pensamento enviesado pouco fundamentado na racionalidade (delírios), percepções sem estímulo (alucinações), alterações na linguagem e alterações de comportamento com incapacidade laboral ou académica.

 

Um diagnóstico precoce, a prescrição adequada de psicofármacos e o acompanhamento psicológico são fundamentais para reduzir o impacto de um primeiro surto psicótico.