COVID-19:
ser saudável durante o isolamento social
COVID-19
Gripes e constipações
Prevenção e bem-estar
5 mins leitura

O isolamento social não deve ser sinónimo de sedentarismo. É essencial comer bem e exercitar-se. Uma boa limpeza da casa também deve fazer parte da rotina.

Estima-se que o período de incubação da COVID-19 (tempo que decorre entre a exposição do vírus ao aparecimento dos sintomas) seja de 2-14 dias. É por isso que o período de isolamento social corresponde a 14 dias. 

Recomenda-se a todas as pessoas que limitem o contacto próximo pelo risco de contágio, que pode ocorrer pelo contacto com pessoas infetadas com o vírus através de gotículas expelidas pelo nariz ou boca quando a pessoa tosse ou espirra. É por isso que é tão importante manter uma distância mínima de segurança, que deve ser superior a um metro.

É importante que se prepare para este período de maior duração que vai permanecer em casa.

 

Não descure de uma alimentação saudável

Perante o isolamento, deve preparar a sua despensa, mas sem cair em alarmismos e exageros. Tenha em consideração o número de pessoas que vivem em sua casa e, quando for ao supermercado, aposte em produtos que tenham uma validade mais alargada para evitar desperdícios.

Se optar pela compra de alimentos frescos - como legumes e fruta -, dê prioridade ao seu consumo. Tenha no seu congelador carne, peixe e legumes. Compre também alguns alimentos em conserva, como leguminosas, peixe (atum, sardinha, cavala), legumes, entre outros. Os ovos também são uma boa opção, dado serem fonte de proteína com um prazo de validade alargado.

Incluir na sua dieta alimentos que estimulam o sistema imunitário, como laranja, limão, quivi, cogumelos, sementes de abóbora, amêndoas ou iogurte também é importante.

 

Durante o isolamento, diga “não” ao sedentarismo

Ao adotar o distanciamento social e o isolamento profilático (sem sintomas ou diagnóstico de doença aguda), as pessoas permanecem quase exclusivamente no interior das suas casas, sendo natural que tendam a movimentar-se menos.

Contudo, segundo pode ler-se no site do Serviço Nacional de Saúde, “reduzir substancialmente a sua atividade física e/ou aumentar o seu comportamento sedentário pode ser prejudicial para a sua saúde, bem-estar e qualidade de vida. Assim, se estiver em situação de isolamento social profilático, deverá seguir algumas recomendações para se manter ativo enquanto permanece no seu domicílio”.

Algumas das estratégias que pode adotar para se movimentar mais - e cumprir os 30 minutos diários de atividade física moderada recomendados pela Organização Mundial da Saúde - encontram-se no Programa Nacional de Promoção da Atividade Física, da Direção-Geral da Saúde. Algumas delas passam por:

  • Evitar estar sentado, reclinado ou deitado mais de 30 minutos seguidos.

  • Levantar-se e caminhar pela casa sempre que precisar de falar ao telemóvel ou durante os intervalos publicitários televisivos.

  • Colocar o comando da TV a uma distância que o obrigue a levantar-se sempre que precisar de o utilizar.

  • Alternar entre a posição de sentado e de pé durante o trabalho ao computador.

  • Realizar atividades domésticas.

 

Exercite o cérebro, também

Aproveite o tempo que vai passar em casa para fazer atividades que estimulem a sua capacidade cognitiva, como ler, jogar jogos de tabuleiro e de cartas, montar puzzles.

 

Passo a passo: desinfetar a casa é fundamental

A transmissão da COVID-19 também poderá ocorrer através de superfícies contaminadas por gotículas expelidas por uma pessoa doente, sendo que o vírus pode sobreviver em objetos desde algumas horas até vários dias. É, por isso, importante limpar e desinfetar as superfícies para limitar a sua sobrevivência nestes locais.

Limpe com frequência especialmente as superfícies que são mais tocadas, como:

  • Mesas e secretárias

  • Maçanetas

  • Interruptores da luz

  • Sanitas

  • Lavatórios

  • Torneiras

 

Segundo a Direção-Geral da Saúde, ao fazer a desinfeção das superfícies, devem ser utilizadas luvas - lave sempre as mãos antes e depois da sua colocação - e roupa protetora, como um avental de plástico.

Para a desinfeção comum de superfícies deve prosseguir da seguinte forma:

  1. Comece por lavá-las com água e detergente;

  2. Aplique lixívia diluída em água na proporção de uma medida de lixívia em 49 medidas iguais de água. Deixe atuar durante 10 minutos;

  3. Enxague apenas com água quente e deixe secar ao ar.

 

Quanto ao mobiliário e outros equipamentos, como comandos e telemóveis, poderá desinfetá-los após a limpeza com toalhetes humedecidos em desinfetante ou em álcool a 70º.

Para a limpeza e desinfeção das instalações sanitárias, deve optar por um produto de limpeza misto que contenha detergente e desinfetante na composição, por ser de mais fácil e rápida aplicação e ação. Na casa de banho, comece pelas torneiras, lavatórios e respetivos ralos, passando depois ao mobiliário, banheira, sanita e bidé.

Já na cozinha, deve seguir o seguinte passo a passo:

  1. Lave as louças na máquina ou à mão com água quente e sabão (detergente de lavar louça à mão);

  2. Limpe e desinfete armários, bancadas, mesa e cadeiras, não esquecendo de desinfetar os puxadores dos armários e das portas;

  3. Limpe e desinfete a torneira, o lavatório e o ralo.