Infeções do couro cabeludo

Infeções causadas por Bactérias
O que é?

Entre as bactérias, a doença mais frequente é o impetigo. É uma infeção superficial da pele provocada por estreptococo ou estafilococo.

Sintomas

Observam-se crostas amareladas ou avermelhadas em áreas mais ou menos extensas. O paciente ao mexer vai espalhando a infeção. Pode não dar queixas ou dar ardor ou comichão. Frequentemente surge sobreposto a outra doença preexistente no couro cabeludo.

Tratamento

Trata-se com lavagem vigorosa com água e sabão, antibiótico tópico em pomada para desfazer as crostas e eventualmente antibiótico por via oral (habitualmente eritromicina ou flucloxacilina).

Muito menos frequentes, infeções mais profundas da pele, como a éctima, que provoca ulcerações cobertas por crostas e a erisipela/celulite, que provoca grandes áreas de vermelhidão e inchaço, habitualmente em paciente com febre e mau-estar geral.

O tratamento faz-se com antibióticos orais, embora em casos mais graves seja necessário internamento e medicação intra-venosa.

Infeções causadas por Vírus
O que é?

Entre os vírus, os mais frequentes a afetar o couro cabeludo são o vírus herpes e o varicela-zooster.

Embora o vírus herpes afete mais frequentemente a face, também pode implicar o couro cabeludo.

Sintomas

O paciente queixa-se de ardor e observam-se vermelhidão e micro-vesículas agrupadas. A varicela, como é do conhecimento comum, afeta frequentemente o couro cabeludo, habitualmente sob a forma de micro-vesículas.

O mesmo vírus (varicela-zoster) em quem já teve varicela é causador da chamada “zona”, que afeta com frequência o couro cabeludo. A dor e ardor são mais intensos que no caso de herpes simplex e a área afetada estende-se ao longo do dermátomo (pele com mesma origem embrionária e com enervação comum).

Tratamento

Estas infeções tratam-se com anti-virais por via oral (aciclovir, valaciclovir), aliviando a dor/ardor e evitando infeção secundária. Nas crianças, o vírus do molusco contagioso, muito frequente, pode provocar bolinhas com depressão central que são facilmente retiradas pelo médico.

Infeções causadas por Fungos
O que é?

A tinha do couro cabeludo é infeção superficial da pele por fungos. É muito mais comum em crianças.

Os agentes mais frequentes variam com a geografia. Em Portugal e na maioria de países desenvolvidos os agentes mais comuns são de género Tricophyton e Microsporum.

Sintomas

Pode existir comichão, que é a queixa mais frequente, mas que não é obrigatória.

À observação, o mais frequente é existir simplesmente descamação em área localizada da pele, podendo existir ou não vermelhidão que se torna mais evidente na periferia da lesão. As lesões crescem de forma centrífuga.  Raramente, pode haver altos com verdadeiros lagos de pus ou grandes placas amareladas. O médico deve colher material para se poder identificar o agente.

 

Tratamento

O medicamento antifúngico mais útil é a griseofluvina (atualmente não disponível em Portugal), pelo que com frequência usamos terbinafina, itraconazol e fluconazol.

Doenças relacionadas