Radioncologia

Tecnologia de precisão

A Radioterapia é um tratamento aplicado em doenças oncológicas que utiliza radiações ionizantes de alta energia com o intuito de erradicar as células cancerígenas. Esta modalidade terapêutica baseia-se na destruição do tumor pela absorção de energia da radiação poupando ao máximo os tecidos saudáveis circundantes, oferecendo um grande benefício no controlo e tratamento de uma grande variedade de tumores.

 

Os tratamentos podem ter uma finalidade curativa ou paliativa, podendo ser efectuada em contexto pré ou pós-operatório, ou ainda, como tratamento único e definitivo, podendo ser administrada em associação a outras terapêuticas, com o objectivo de sensibilizar as células cancerígenas à radiação.

Onde estamos
Hospital CUF Descobertas

A Unidade de Radioterapia do hospital CUF Descobertas, em funcionamento desde janeiro de 2004, foi a primeira do género integrada numa unidade hospitalar privada, beneficiando da complementaridade de especialidades também presentes no hospital, com particular destaque para a oncologia médica, cirurgia geral, otorrinolaringologia, ginecologia e urologia, entre outras.

Possui um dos mais recentes aceleradores lineares de radioterapia, o VERSA HD, acoplado a um robusto sistema de imagem guiada não invasiva: CATALYST HD (primeiro a ser instalado em Portugal).

Coordenador: Gonçalo Fernadez

Instituto CUF Porto

O serviço de Radioterapia, em funcionamento no Instituto CUF Porto desde 2008, foi projetado para ser uma referência. Está equipado com a mais recente tecnologia, em constante atualização, e dispõe de uma equipa de profissionais altamente motivada.

Tem por missão tratar o doente oncológico de forma personalizada, respeitando as boas práticas nacionais e internacionais.

Coordenador: Paulo Costa

Tratamento seguro e preciso

 

O tipo de tratamento de Radioterapia vai depender de uma grande variedade de fatores, entre os quais: o intuito dos tratamentos, o tipo de tumor e a sua localização, sensibilidade dos órgãos e tecidos saudáveis circundantes, estádio da doença, estado geral de saúde do doente, entre outros.

 

Com o intuito de aumentar a precisão dos tratamentos e evitar irradiação de tecidos saudáveis, os serviços de Radioterapia da CUF dispõe de vários recursos protocolados para controlo de qualidade, nomeadamente:

  • aquisição de imagens para certificação do posicionamento do órgãos e tumor ou tecido a irradiar
  • aquisição de informação da superfície corporal para controlo do posicionamento e controlo respiratório

As recentes tecnologias associadas à radioterapia permitem alterar o número de tratamentos necessários, aumentando a dose por cada sessão e possibilitando fazer tratamentos com muito menos sessões ou em sessão única .

 

tecnicos a monitorizar tratamento de radioterapia

Todos os procedimentos da Unidade são alvo de monitorização permanente de forma a garantir a realização de todas as tarefas em conformidade com o modelo de funcionamento proposto

Tecnologias Disponíveis
Intensidade Modulada ou Arcoterapia (IMRT/VMAT)

Actualmente a Radioterapia de Intensidade Modulada ou Arcoterapia (frequentemente denominada de IMRT ou VMAT) permite a conformação do feixe de radiação e adaptá-lo a cada tipo de tumor evitando danos nos tecidos saudáveis.

Estas modalidades de tratamentos permitem ainda um seguro escalonamento de dose sobre o tumor (adequar pontos quentes de radiação nas regiões de maior actividade tumoral) e maior homogeneidade de distribuição da radiação.

Está validada em vários tipos de tumores, nomeadamente nos tumores do trato digestivo, próstata, cabeça e pescoço, entre outros.

Vários estudos documentam a significativa redução de toxicidades agudas e tardias com o recurso a técnicas de Intensidade Modulada, permitindo um maior controlo de doença e bem estar físico do doente.

 

Radioterapia Estereotáxica Fraccionada (SBRT)

É uma técnica que permite a administração de doses elevadas de radiação, normalmente em uma ou poucas fracções (hipofracionada), por múltiplos feixes, co-guiados por um conjunto de coordenadas. Exige uma definição precisa do alvo, avaliação e gestão de movimentos do alvo e controlo respiratório, assim como sistemas de imobilização e de verificação diária, de alta qualidade, antes de cada tratamento.

Actualmente a sua aplicação está sobretudo validada nos tumores primários do pulmão em estadios iniciais considerados inoperáveis. 

 

No entanto, vários estudos randomizados demonstraram o benefício desta técnica de tratamento em casos selecionados de:

  • metastização pulmonar
  • metástases viscerais/ganglionares
  • lesões hepáticas (primário ou secundário)
  • metástases ósseas ou na supra-renal

Estão a decorrer vários estudos para averiguar o benefício desta técnica na abordagem dos carcinomas da próstata, pâncreas e células renais, com resultados promissores em estudos de fase II.

Radioterapia por Imagem Guiada (IGRT)

A Radioterapia Guiada por Imagem (IGRT), permite identificar e localizar os alvos terapêuticos e estruturas saudáveis antes de cada sessão de tratamento. Trata-se de um recurso indispensável para qualquer tratamento de Intensidade Modulada, uma vez que permite criar adaptabilidade no feixe de radiação ao longo das sessões de Radioterapia.

Com o maior controlo e segurança na administração dos tratamentos de radioterapia através da IGRT, é possível reduzir as margens de segurança necessárias aos alvos tumorais, permitindo assim uma menor área irradiada, e por consequência menor toxicidades dos tratamentos. 

Um dos aspectos mais diferenciadores acelerador VERSA HD é de estar acoplado a um robusto sistema de imagem guiada não invasiva: CATALYST HD (primeiro a ser instalado em Portugal).

Este sistema permite guiar os tratamentos de Radioterapia através da superfície corporal do paciente em tempo real, isto é, sem dose exposta ao doente. Possibilita o tratamento em inspiração forçada, muito utilizado em situações de cancro de mama, de forma a evitar radiação no pulmão e coração da paciente. Esta modalidade de imagem guiada permite-nos guiar os tratamentos de Radioterapia estereotáxica Fracionada ou Radiocirurgia, em uma ou poucas sessões, sem a necessidade de métodos invasivos, possibilitando mais conforto para o paciente e sem perder a precisão e eficácia dos tratamentos. 

 

Planear o tratamento

A tomografia computadorizada (TC) é também utilizada no planeamento dos tratamentos de Radioterapia. Permite uma maior precisão.

diagnóstico

A TC possibilita um planeamento individualizado do tratamento de cada doente.

Para referência e melhor imobilização dos tratamentos, poderá ser necessário proceder a pequenas tatuagens permanentes na pele com o objectivo de alinhar correctamente a região de interesse e permitir a reprodutibilidade diária do tratamento.

 

Radioterapia de última geração
acelerador de radioterapia no hospital cuf descobertas
equipamento de radioterapia cyberknife
equipamento de radioterapia gammaknife
Conheça os nossos especialistas
Uma equipa experiente e dedicada

Médicos de Radioncologia, técnicos de radioterapia, físicos e enfermeiros integram estas equipas.

Efeitos secundários

A exposição médica de radiação ionizante será aplicada apenas quando traduzida em benefício real para a saúde do indivíduo exposto e que o seu efeito seja maior que as toxicidades causadas pela sua aplicação.

A maioria de efeitos secundários são localizados à área do corpo irradiada, sendo que baixas doses da terapia são menos prováveis causar efeitos secundários. Apesar dos esforços e perícia dos profissionais responsáveis pelo seu tratamento, as reações adversas podem ocorrer com maior ou menor intensidade. A quantificação do risco de toxicidade será determinada de acordo com o plano de tratamento proposto e com tabelas de probabilidade de toxicidade referenciadas na literatura médica.  

 

Os efeitos mais comuns da radioterapia incluem:

  • alterações na pele e no cabelo na área a ser tratada
  • fadiga
  • perda de apetite

Na maioria dos casos estes efeitos são temporários, mas sempre que surgirem deve comunicá-los ao seu médico ou ao seu enfermeiro para que os possam avaliar e tratar.

 

 

Perguntas e respostas mais frequentes
Quando poderei iniciar os tratamentos?

Após avaliação pelo seu médico Radioncologista, será agendada uma Tomografia Computadorizada (TC) de planeamento de Radioterapia. Nesta TC será efectuada e delineada a estratégia de um tratamento personalizado e individualizado para cada situação. Em função da complexidade do caso, habitualmente poderá demorar 3 a 5 dias para iniciar os tratamentos após realização da TC de planeamento. De forma a ser aprovado pelo seu médico radioncologista, o melhor plano de tratamento para atingir a maior eficácia com menor toxicidade possível, 

Com a nova TC de planeamento dedicada à Radioterapia (Discovery RTE) )é possível adquirir imagens de elevada qualidade permitindo um planeamento com redução de artefactos, diminuindo imprecisões na aquisição de imagens. A sua mesa de posicionamento e anel de grande dimensão permitem uma grande flexibilidade posicionamento, possibilitando uma posição mais confortável para o doente, sem comprometer a precisão e exactidão do planeamento. 

 

Qual duração de cada tratamento?

Tendo em conta a complexidade dos casos, um tratamento de Radioterapia pode demorar entre 15 a 30 minutos por dia. No entanto, a grande maioria desse tempo é utilizado para imagem guiada e controlo de qualidade, de forma localizar todas as estruturas a irradiar em cada sessão e garantir que os tecidos saudáveis estão o mais afastados possíveis do campo de tratamento. 

Qual a periodicidade dos tratamentos?

Os tratamentos serão agendados de 2ª a 6ªfeira. A maioria dos esquemas de tratamento serão agendados com um periodicidade diária, tentando agendar um horário mais adequado a cada cliente, mas dependendo sempre disponibilidade de Unidade de Radioterapia.

Estarei Radioactivo quando estiver em tratamento

A Radioterapia utiliza fontes seladas de Radiação, pelo que um doente que esteja em tratamento, não apresenta qualquer risco de radiação.

Precisa de ajuda? Fale connosco

Contacte um dos nossos Gestores Oncológicos para o guiar e acompanhar desde o primeiro momento. Se preferir pode agendar uma consulta através da nossa linha gratuita.