Implantes ativos do ouvido médio

O que é?
Quem pode beneficiar?
Limitações
Cirurgia

Na audição normal o som captado pelo pavilhão auricular é conduzido ao tímpano fazendo-o entrar em vibração. Essa vibração é transmitida pelos ossículos à cóclea onde  irá originar um estímulo elétrico que conduzido ao cérebro pelo nervo auditivo irá ser entendido como sensação auditiva.

Ao contrário das próteses auditivas convencionais, que fornecem mais energia acústica ("som mais intenso"), os Implantes Ativos de ouvido médio captam e processam o som ambiente fornecendo estímulo mecânico (vibração) aos ossículos do ouvido médio ou diretamente ao líquido contido na cóclea através da membrana redonda.

 Os Implantes ativos do ouvido médio são dispositivos eletromagnéticos, parcial ou totalmente implantados, que captam o som ambiente, processam-no e fornecem estímulo mecânico/vibrátil às estruturas do ouvido médio.

 Os dispositivos parcialmente implantados têm um componente externo (contendo o microfone, a bateria, o processador e um transmissor) fixo atrás e acima da orelha, através de atração magnética ao componente interno.

O componente interno é implantado cirurgicamente por baixo da pele. O sinal enviado pelo processador externo é captado e convertido em vibração através de um transdutor fixo a um dos ossículos do ouvido médio ou aplicado diretamente na membrana da janela redonda.

Nos dispositivos totalmente implantados todos os elementos são implantados por baixo do couro cabeludo sendo totalmente invisível. O carregamento da bateria é efetuado diariamente através de carregador externo acoplado magneticamente, durando esse carregamento cerca de 45 minutos.

  • Adultos com surdez sensorioneural de grau moderado a severo que não beneficiem ou não tolerem próteses auditivas convencionais
  • Doentes com patologia do ouvido externo (eczema do pavilhão auricular ou do canal auditivo, otite externa de repetição, oclusão do conduto auditivo, …)
  • Indivíduos com surdez mista ou de condução (por alterações do tímpano, malformação ou destruição da cadeia ossicular, …)

 

Atualmente, as indicações e os resultados dos Implantes Ativos do ouvido médio são muito sobreponíveis aos das próteses auditivas. O facto de não precisarem de molde a ocluir o canal auditivo torna-os muito confortáveis, evitando a sensação de tampão ou de humidade referido por muitos indivíduos portadores de próteses auditivas convencionais.

Os Implantes Ativos de ouvido médio além de serem totalmente invisíveis no exterior permitem manter a audição durante o sono, no duche ou durante a prática de natação.

 

  • Não são indicados em situações de infeção ativa do ouvido médio
  • Alguns modelos não permitem a realização de exames imagiológicos por ressonância magnética
  • A bateria dos dispositivos totalmente implantáveis tem atualmente uma vida útil previsível de 15 anos, sendo a sua substituição efetuada através de uma pequena cirurgia

A cirurgia é efetuada sob anestesia geral,  com uma duração de cerca de duas horas e requerendo apenas um dia de internamento.

Doenças relacionadas