Sintomas de cancro do pâncreas:

O que não deve ignorar
Cancro
3 mins leitura

Inicialmente silencioso, os sintomas de cancro do pâncreas só se costumam manifestar quando este já está numa fase mais avançada. Aprenda a detetá-los.

Causado por um crescimento anormal e descontrolado das células no pâncreas, muitas vezes, o cancro do pâncreas é detetado quando já está num estado avançado e, consequente, mais difícil de tratar. Nas fases iniciais não costuma apresentar sintomas; estes só tendem a surgir quando o cancro já cresceu para fora do pâncreas e se começa a espalhar pelo nosso corpo. Contudo, a severidade destes sintomas é diferente de caso para caso. Conhecê-los e estar atento ao seu eventual aparecimento é fundamental para um diagnóstico o mais precoce possível do cancro do pâncreas.

 

Os primeiros sintomas de cancro do pâncreas

Devido à localização do pâncreas no nosso corpo, entre os sintomas de cancro do pâncreas incluem-se:

 

Icterícia

Muitas pessoas com cancro do pâncreas desenvolvem icterícia como um dos primeiros sintomas.

À medida que o cancro do pâncreas bloqueia a libertação de bilirrubina (uma substância produzida pelo nosso fígado) para o intestino, os composto da bílis acumulam-se no sangue. Como resultado, a nossa pele e olhos ficam amarelos. Esse bloqueio também provoca urina escura (cor acastanhada), fezes mais claras (também podem ficar mais gordurosas e leves, flutuando) e comichão (pela acumulação de bilirrubina na pele).

Contudo, é importante ter em consideração que há outros problemas de saúde que podem estar na origem da icterícia, como cálculos biliares e hepatite.

 

Dor abdominal e/ou de costas

O cancro do pâncreas pode provocar dor na zona superior do abdómen que irradia para as costas. A dor pode aparecer e desaparecer. Isto pode acontecer porque, à medida que cresce, o cancro pode começar a pressionar outros órgãos. Este também se pode espalhar para os nervos que envolvem o pâncreas, provocando dores nas costas.

 

Inchaço abdominal

Algumas pessoas com cancro do pâncreas podem ter a sensação de saciedade precoce às refeições ou um inchaço abdominal desconfortável.

 

Náuseas e vómitos

Se o cancro pressionar uma parte do estômago pode dificultar a passagem dos alimentos, o que por sua vez pode causar náuseas, vómitos e dor que tende a piorar depois de comer.

 

De um modo geral, os sintomas manifestam-se mais cedo nos cancros que surgem na cabeça do pâncreas do que naqueles que aparecem no corpo ou cauda deste órgão.

 

Outros sintomas: à medida que o cancro cresce

Ao crescer e espalhar-se, o cancro do pâncreas pode afetar todo o corpo. Alguns dos sintomas resultantes dessa situação podem passar por:

  • Perda de peso
  • Perda de apetite
  • Elevados níveis de açúcar no sangue. Algumas pessoas com cancro do pâncreas podem desenvolver diabetes, pois o cancro prejudica a capacidade de o pâncreas produzir insulina. Isto porque destrói as células que produzem esta hormona. Alguns dos sintomas da diabetes são sensação de fome e sede e necessidade de urinar com frequência.

 

Quando consultar o seu médico assistente

Ter um ou mais destes sintomas não significa que tenha cancro do pâncreas. Na verdade, é muito provável que sejam causados por outros problemas de saúde. Ainda assim, se apresenta estes sintomas, é importante que seja avaliado pelo seu médico assistente para que a causa seja identificada e tratada, caso seja necessário.

Publicado a 27/04/2021