Como reforçar o sistema imunitário dos bebés?

Bebés e crianças
Prevenção e bem-estar
2 mins leitura

O sistema imunitário resulta da interação entre características genéticas e o meio ambiente. Nos primeiros 2/3 anos de vida, estamos mais sujeitos a infeções

Algumas medidas para reforçar a imunidade

  • O leite materno proporciona uma alimentação completa e adequada aos primeiros seis meses de vida do bebé, composta por nutrientes, anticorpos e enzimas que reforçam as suas defesas, prevenindo infeções, alergias, obesidade ou mesmo alguns tipos de cancro.
  • Uma diversificação alimentar progressiva, racional e equilibrada a partir dos 4-6 meses, orientada pelo médico assistente, fornece todos os nutrientes e elementos protetores necessários ao reforço do sistema imunitário.
  • Evitar o fumo passivo (resultante do consumo de cigarros por outros), porque o tabaco destrói as defesas do organismo que ajudam a combater as doenças, ficando as crianças mais expostas a infeções.
  • As pessoas que contactam com bebés devem realizar uma boa higiene das mãos antes de mexerem na criança e devem tomar medidas quando estão doentes como por exemplo usar máscara.
  • Evitar espaços pequenos superpovoados, valorizando, por exemplo, creches com menos crianças/sala e evitar locais com grande concentração de pessoas (ex. transportes públicos, espaços comerciais).
  • Uma boa higiene do sono, respeitando os ritmos de cada bebé estimula a imunidade e impede as infeções.
  • Evitar o uso inapropriado de antibióticos porque a grande maioria das infeções são causadas por vírus e não resolvem com antibióticos. O uso exagerado pode criar resistências.
  • Os suplementos vitamínicos, ervas, entre outros devem ser usados com prudência e discutidos com o médico assistente, porque podem ter efeitos negativos na saúde da criança.